• Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • LinkedIn Social Icon

"Oque é necessário para mudar uma pessoa, é mudar sua consciência sobre si mesma"

                                                 Abraham Maslow

Psicóloga CRP: 06/130188

Sou Psicóloga, apaixonada pelo ser humano e pela descoberta da essência que move cada pessoa a ser exatamente como é. Prezo pelo respeito a cada indivíduo e acredito na capacidade que todos possuem de mover suas vidas em direção a felicidade.

Além dos atendimentos realizados na clínica, sou especializada em Home Care (atendimento domiciliar) pela PUC -SP e utilizo como ferramenta de apoio, quando necessário, a aplicação de testes psicológicos. Um espaço aconchegante e sigiloso, onde são realizados atendimentos para crianças, adolescentes, adultos e casais.

 

Alguns atendimentos realizados:

 

- transtornos de ansiedade

- problemas em relacionamentos afetivos

- baixa auto estima

- carência afetiva

- depressão e depressão pós parto

- transtorno alimentar

- dependência química e co- dependência

- orientação de pais

- orientação profissional

- sexualidade

- problemas profissionais

- TSTP (Transtorno do stress pós traumático), dentre outros.

 

 

 
 
Entenda mais sobre: 
SÍNDROME DO PÂNICO

A síndrome do pânico é um tipo de transtorno de ansiedade no qual ocorrem crises inesperadas de desespero e medo intenso de que algo ruim aconteça, mesmo que não haja motivo algum para isso ou sinais de perigo iminente.Quem sofre do Transtorno de Pânico sofre crises de medo agudo de modo recorrente e inesperado. Além disso, as crises são seguidas de preocupação persistente com a possibilidade de ter novos ataques e com as consequências desses ataques, seja dificultando a rotina do dia a dia, seja por medo de perder o controle, enlouquecer ou ter um ataque no coração.

 

Um conjunto de fatores podem direcionar um indivíduo a desencadear a Síndrome do pânico, como por exemplo:

- Stress

- Genética

- Mudança na forma como o cérebro reage a determinadas situações.

 

Os sintomas ocasionados são extremamente desconfortáveis e normalmente se manifestam através de:

- Medo de Perder o controle

- Sensação de perigo iminente.

- Taquicardia

- Sudorese

- Tremores

- Falta de ar

- Tontura

- Sensação de desmaio, etc.

 

O principal objetivo do tratamento da síndrome do pânico é reduzir o número de crises, assim como sua intensidade e recuperação mais rápida. As duas principais formas de tratamento para esse transtorno é por meio de psicoterapia e medicamentos. Ambos têm se mostrado bastante eficientes.

 

 

DEPRESSÂO

A depressão é um distúrbio afetivo que acompanha a humanidade ao longo de sua história. No sentido patológico, há presença de tristeza profunda, pessimismo, baixa autoestima, que aparecem com frequência e podem combinar-se entre si..

 

Há uma série de evidências que mostram alterações químicas no cérebro do indivíduo deprimido, principalmente com relação aos neurotransmissores (serotonina, noradrenalina e, em menor proporção, dopamina), substâncias que transmitem impulsos nervosos entre as células. Outros processos que ocorrem dentro das células nervosas também estão envolvidos.  Vale ressaltar que o estresse pode precipitar a depressão em pessoas com predisposição, que provavelmente é genética. Estimasse que uma em cada cinco pessoas no mundo apresente o problema em algum momento da vida.

 

Os sintomas da depressão se manifestam através de:

- Desinteresse, falta de motivação e apatia

- Humor depressivo, ansiedade, pensamento suicida e angústia.

- Sentimentos de medo, insegurança, desesperança, desespero, desamparo e vazio.

- Insônia, dificuldade de concentração, raciocínio mais lento e esquecimento.

 

O tratamento é feito através de medicamentos, podendo ter resultados mais efetivos com a ajuda da psicoterapia.

ESQUIZOFRENIA

A esquizofrenia é um transtorno mental complexo que dificulta na distinção entre as experiências reais e imaginárias, interfere no pensamento lógico, nas respostas emocionais normais e comportamento esperado em situações sociais.

Ao contrário do que a maioria das pessoas pensa, a esquizofrenia não é um distúrbio de múltiplas personalidades. É uma doença crônica, complexa e que exige tratamento por toda a vida.

 

Esquizofrenia envolve uma série de problemas tanto cognitivos quanto comportamentais e emocionais. Os sintomas costumam variar e entre eles estão inclusos:

- Delírios

- Alucinações

- Pensamento desorganizado

- Habilidade motora desorganizada ou anormal.

- Isolamento social.

- Sensação de incapacidade de começar a sentir prazer, dentre outros.

 

Esquizofrenia requer tratamento durante toda a vida, mesmo após o desaparecimento de sintomas. O tratamento com medicamentos e terapia podem ajudar a controlar a doença.

 

 

 

Contato:

R. Major Ângelo Zanchi, 760 (Ao lado do metrô Penha)

Tel: (11) 97513-1491

psicologabarbararezende@gmail.com

 

Seus detalhes foram enviados com sucesso!